Carregando...

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Cartografia - Faça você mesmo!

Nesse post falaremos a respeito de algumas plataformas web que permitem a extração de informações geográficas de maneira personalizada, de acordo com as necessidades do usuário.

Estes serviços à la carte, de maneira geral disponibilizam uma série de dados tabulares associados à uma base cartográfica onde basta o utilizador selecionar quais informações deseja visualizar e pronto! O mapa é gerado automaticamente!

Tais serviços podem ser amplamente empregados quando se necessita de informações rápidas, em pequenas escalas e o mais importante, sem ter que pagar nada por isso. Estes mapas podem, eventualmente, servir de orientação para a geração de mapas posteriores, mais detalhados e confiáveis.

Gap Minder: Fundação sem fins lucrativos que através desse serviço web disponibiliza séries temporais com estatísticas para diversos países. Tem como objetivo a popularização e a simplificação da informação para os governantes ao redor de todo o globo. Os mapas tem como escopo o estudo das diferenças entre os países de acordo com o tempo e permite a análise de dezenas de indicadores (clique aqui para visualizar a lista completa). As bases de dados são todas documentadas, o que garante ao usuário a qualidade e confiabilidade destes dados (veja aqui as informações referentes às bases de dados). O serviço se preocupa em incluir todos os países de acordo com as definições da ONU (192 em abril de 2008). Contudo o serviço é um tanto quanto restrito à manipulação dos dados, no referente à classificação e divisão das classes. Endereço: http://graphs.gapminder.org

Thematic Mapping: Site mantido e desenvolvido por Bjørn Sandvik que tem como objetivo ofereceer dispositivos de investigação aos seus usuários. Além disso, busca demonstrar parte do potencial em cartografia temática que os "geobrowsers" (como Google Earth e Nasa World Wind) podem oferecer. Utiliza como interface um plugin para o Google Earth (base cartográfica) que em conjunto com uma base de dados da ONU permite a visualização de diversos indicadores. A parte de documentação dos dados não é tão minuciosa, todavia acredito que a fonte sendo a ONU este ítem pode ser considerado de boa qualidade. O mais interessante neste site é a abordagem à cartografia temática, onde o autor teve toda dedicação de documentar todos os métodos utilizados pelo seu serviço web (confira aqui).  Endereço: http://thematicmapping.org/

GeoCommons Maker: Este serviço oferece aos seus usuários a possibilidade de editarem em poucos minutos mapas interativos com uma aparência "profissional" adicionando dados de diversas fontes. A propaganda do site é basicamente "você não precisa ser um cartógrafo para fazer mapas profissionais". A utilização do serviço é extremamente simples e intuitiva, e as fontes de dados são todas documentadas (existem diversas fontes, variando de acordo com o país que se deseja trabalhar). Além disso, o site permite ainda que você adicione a sua própria base de dados para a confecção de mapas específicos de acordo com as suas necessidades. Os métodos de classificação são abrangentes e o usuário tem liberdade de escolha dentre os métodos disponíveis. A representação visual também é abordada e também cabe ao utilizador qual a mais apropriada a sua finalidade. Este site é realmente uma pérola no mundo da cartografia temática, e quando bem empregado pode ser extremamente eficaz e produtivo. Endereço: http://maker.geocommons.com

i3Geo: Solução nacional para a democratização no acesso de dados espaciais. Permite a geração de mapas do Brasil de acordo com um número considerável de indicadores. Sua interface gráfica é um pouco confusa porém coloca a disposição dados muitas vezes não encontrados nos serviços citados acima. A nível nacional permite o acesso a base de dados tais como INPE, ANEEL, INCRA etc. Endereço: http://mapas.mma.gov.br/i3geo

Mapas Interativos - IBGE: Embora não possa ser considerado uma solução do tipo "faça você mesmo", o site do IBGE permite a visualização de mapas já prontos (ou seja, sem a possibilidade de edição) de diversas categorias de informações (potencial agrícola, vegetação, esboço geológico etc.). Endereço: http://mapas.ibge.gov.br/

Dentre as soluções apresentadas aqui, aquela que se mostrou mais flexível às necessidades do usuário foi o GeoCommons Maker. Sua interface gráfica de fácil utilização, sua abordagem à cartografia temática e a documentação das bases de dados são notáveis e merecem destaque dentre as soluções apresentadas. Todavia, o i3Geo é uma ótima solução nacional porque permite o acesso a dados que as demais soluções não contemplam, o que acaba compensando o fato da sua interface ser um pouco complicada.